E Aí Designer, Sabe Quanto Cobrar Pelo Seu Trabalho?

Opa tudo certinho? Aqui é o Luiz, e hoje vou dar algumas dicas sobre como você(designer) pode calcular quanto cobrar pelo seu trabalho, primeiramente peço desculpas por esse tempo sem postar, estava dando uma melhorada no visual e recursos da página, espero goste.
Então “Bora lá” responder: Quanto devo cobrar pelo meu serviço?

Para determinar o preço sem ter “dor de cabeça”, eu acredito que levar em consideração esses pontos abaixo tem me ajudado bastante:

1 – Eu gosto deste cliente?

Parece uma pergunta idiota, mas é importante que você saiba a resposta.
Imagine você passar aquele preço bacana que você cobraria do seu melhor amigo para um cliente PNC(Põe Na Conta, pensou que era outra coisa, né?), enquanto estiver fazendo o trabalho você vai pensar que deveria ter cobrado mais caro porque o cliente é PNC e não para de perturbar, pode acabar procrastinando e atrasando a entrega.

Quando um cliente aparece, você está deixando essa pessoa entrar em sua vida, dessa forma você vai colaborar e ajudá-lo pelos próximos meses, quiçá anos, da sua vida. Assim, o quanto você gosta de um cliente é extremamente importante.

Se um cliente corporativo aparecer, ele poderá ter um orçamento grande para o projeto que não pareça estimulante.

Por outro lado, às vezes um cliente artístico aparece. Talvez eles sejam músicos ou artistas visuais. Seus projetos são criativos, mas seu orçamento não é tão grande. Muitas vezes, você pode cobrar um valor nesses casos por se tratar de algo que você gosta muito de fazer.

Outras vezes, tudo se resume à personalidade do cliente. Às vezes, os clientes podem ser exigentes ou ter uma forte atenção aos detalhes. Embora essas não sejam características ruins dos clientes, vale a pena você prestar atenção nisso desde o início. Se é o tipo de cliente que irá pedir diversas alterações tudo, então você precisa ajustar seus preços com isso em mente.

Enfim, a simples pergunta de “Eu gosto deste cliente?” Ajuda bastante na determinação de um preço para o job.

2 – Quanto acredito que este cliente está disposto a pagar?

Quanto cobrar pelo seu trabalho

Como descobrir o orçamento do cliente

Existem duas maneiras simples de recomendar o orçamento do cliente.

1) Quando o cliente pergunta pela primeira vez sobre o projeto, sempre faço uma série de perguntas.

Uma das perguntas que sempre faço é: “Você tem um orçamento reservado para este projeto e está acima do X?”, com essa informação você pode filtrar seus clientes, identificar aqueles dos quais você poderá cobrar um valor menor ou maior, ou ainda dispensar pois “não é jogo” pra você.

2) A questão de estimativa – Muitas vezes, o cliente pede um orçamento de quanto gastaria no projeto, sem maiores detalhes, apenas por questão de estimativa. Geralmente quando recebo essa pergunta, respondo com um amplo espectro.

Eu respondo tipo: “Pode custar entre R$ 500,00 e R $4.000,00, dependendo dos detalhes do projeto. Você tinha um orçamento em mente que pretendia gastar?

3 – Quanto VALOR estou entregando a este cliente?

Quanto cobrar pelo seu trabalho
People budgeting in order to plan personal finance

O terceiro e último critério para basear o preço é quanto valor você está fornecendo ao cliente. Muitos blogs e livros se referem a isso como “preços baseados em valor” e tornou-se a palavra popular na indústria freelancer.

Com preços baseados em valor, a ideia é que você baseie seu preço em relação ao valor que está fornecendo ao cliente. Às vezes, você pode quantificar esse valor em números específicos. Outras vezes, os benefícios podem ser intangíveis.

Se você puder enfatizar o valor que fornece ao cliente no processo de proposta, começará a ver sua renda crescer como resultado disso.

Por exemplo: você está desenvolvendo um design de site ou marca para um cliente, fornece um valor significativo. Você os ajuda a melhorar a presença on-line e a percepção da marca. Isso irá ajudá-los a gerar mais vendas e aumentar a receita de seus negócios.

Outro exemplo: digamos que você esteja trabalhando com um cliente em um lançamento de produto. Talvez você esteja escrevendo a copy de vendas para o site deles, ou talvez esteja criando a capa do livro. Você está fornecendo valor a eles que eles ganharão de volta quando lançarem o produto e realizarem vendas. Concentre-se no fato de que seu serviço os ajudará a ganhar mais dinheiro e baseie seu preço nesse valor.

O melhor de preços baseados em valor é que não leva tempo em consideração. Se você puder fazer uma alteração nos negócios de alguém em uma hora e fornecer um valor significativo a eles, poderá receber uma quantia grande por isso. Sem aquele papo: “Nossa, você vai cobrar isso tudo por 2 dias de trabalho?”

Não existe fórmula

Como você pode ver, esses três critérios não oferecem fórmula ou maneira perfeita de calcular preços. Em vez disso, são métricas intangíveis para basear seus preços.

Ao descobrir o preço, observe essas métricas e considere-as, mas lembre-se sempre de que em relação preços, não há regras.

Não há nada antiético ou errado em cobrar mais de um cliente que de outro. Tente lembrar que o cliente sempre tem a decisão de contratá-lo. Só porque você apresenta um preço, não significa que eles tenham que aceitá-lo. Com os preços, o pior que pode acontecer é o cliente dizer não.

Experimente um pouco, experimente e comece a cobrar mais. Você irá se surpreender com os resultados.

Não se esqueça de aperfeiçoar

Como é o caso de qualquer profissional qualificado hoje em dia, seu próprio desenvolvimento profissional contínuo deve estar no seu DNA cheio de cafeína. Assim como oportunidades de trabalho remoto proliferaram desde o advento da Internet, existem oportunidades de aprendizado remoto. E há sempre mais para aprender e dessa forma, manter e aumentar seu valor no mercado, o que depende, pelo menos em boa parte, de sua capacidade de aprofundar constantemente seu conhecimento e aprimorar suas habilidades.

Ferramenta online gratuita para estimar quanto vale sua hora.

Ainda com as informações acima, caso você seja iniciante na área talvez tenha dificuldades para calcular quanto deve cobrar, porém existe um site onde é possível calcular quanto você deve cobrar por hora que faz o cálculo levando diversos critérios em consideração, será uma “mão na roda” pra você: https://www.minhahora.entreoutros.com/


É isso, se curtiu o artigo, compartilhe com seus amigos da área, certamente irá ajudá-los também, e não esqueça de passar na página de cursos, estou atualizando constantemente. Até semana que vem.

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Optimized with PageSpeed Ninja